Notícias

DF: Ibaneis vai levar a Bolsonaro reforço para recomposição das forças

Governador reuniu-se com representantes da PCDF, PMDF e CBMDF e comprometeu-se a fazer nova rodada de negociações com a União

governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que reforçará com o presidente Jair Bolsonaro (PL), nos próximos dias, o pedido para que seja autorizada a recomposição das forças de segurança do Distrito Federal.

O emedebista esteve reunido, nesta quarta-feira (22/6), com representantes da Polícia Civil (PCDF)Polícia Militar (PMDF) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF) com o objetivo de iniciar nova rodada de negociações com o titular do Palácio do Planalto.

“Recebi os representantes hoje, e vou ver como encaminhar ao presidente da República”, frisou o governador ao Metrópoles.

Ibaneis abre nova rodada para negociar recomposição salarial da PCDF

Segundo o líder do governo na Câmara Legislativa (CLDF), deputado Hermeto (MDB), atualmente, o pedido de recomposição está parado no Ministério da Economia desde que foi encaminhado pelo Palácio do Buriti.

“Nós já temos a previsão no Fundo Constitucional, temos todas as condições para que a recomposição igualitária seja autorizada para todas as forças do DF”, afirmou o parlamentar.

Além de sindicatos e associações, esteve presente na reunião com o chefe do Executivo local o presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente (MDB). Os comandos de cada corporação também participaram das negociações.

“A reunião foi positiva e o governador Ibaneis garantiu que irá empreender esforços junto ao presidente Jair Bolsonaro para tentar viabilizar o nosso reajuste salarial. Estamos confiantes”, disse o presidente do Sindicato dos Delegados, (Sindepo-DF), Marcelo Portella.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais (Sinpol), Enoque Venâncio, o governador confirmou ter solicitado agenda com o presidente da República junto ao ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP).

“Foram meses de trabalho para que o GDF, junto aos representantes das corporações, construísse a proposta de recomposição salarial. É importante esclarecer que a concessão dessa demanda não causará nenhum impacto financeiro aos cofres da União, pois está assegurada no orçamento do Fundo Constitucional do DF”, afirmou.

“Nós reconhecemos o esforço do governador Ibaneis pela valorização dos policiais civis, uma vez que o trabalho investigativo desses profissionais é referência para a Segurança Pública nacional. Por essa razão, mais uma vez, estamos reforçando o nosso pedido”, completou.

A proposta de recomposição salarial das forças de segurança da capital federal foi assinada por Ibaneis Rocha e encaminhada à União, em março deste ano. Até o momento, não houve parecer final do governo federal sobre a demanda.

Publicado em 23/06/2022

SINDEPO/DF

SCES Trecho 2, Lote 25
Dentro do Clube da ADEPOL
CEP: 70.200-002

ADEPOL/DF

SAIS Lote 02, Bloco “D”
Departamento de Polícia Especializada/DPE
CEP: 70.619-970

Siga-nos

Site7Dias